Região Demarcada do Douro

Miguel Torga dizia que o Douro era "um excesso da natureza". Este rio do vinho e das vinhas, que corre por vales apertados e encostas abruptas é para muitos o "grande Canyon" português. Vamos seguir esta corrente. O rio das paisagens do alto Douro vinhateiro, região classificada pela UNESCO Património da Humanidade, tem início em Espanha, a mais de 2 mil metros de altitude, na serra de Urbión e, entra em Portugal perto de Barca d´Alva. Com um comprimento total de 927 quilómetros, encontra a foz junto às margens das cidades do Porto e de Vila Nova de Gaia. Embora não seja de fácil navegação, já nos tempos da reconquista o Douro era porto marítimo importante e sempre ali se fez tráfico fluvial de produtos. Imagem tradicional disso mesmo são os típicos barcos Rabelo que transportam o famoso vinho do Porto. Históricas são também as cheias deste rio. Quase sempre de inverno registam-se grandes inundações sobretudo na zona ribeirinha da cidade invicta. No reinado de D. Manuel ll, em 1909, faltou apenas meio metro para as águas tocarem no tabuleiro inferior da ponte D.Luís. Antes de desaguar no Atlântico, o Douro faz um caminho sinuoso, por vezes perigoso e estreito, com margens ladeadas ora de socalcos abertos pela mão do homem para plantar vinhas, ora de penhascos pontiagudos e vertiginosos sobrevoados por aves de rapina. Seguimos a história deste rio num vídeo extraído do documentário “Rios de Portugal” produzido em 1985.

Vinhos da Quinta de Santa Eugénia

Provenientes das melhores castas da região demarcada do Douro, são produzidos pelos mais avançados processos tecnológicos. Os vinhos brancos caracterizam-se pela sua cor citrina e amarelo palha com aromas e sabores frutados, notas florais e minerais. Na boca mostram-se finos, leves e frescos.

Os tintos, quando jovens, são vinhos de cores vivas (rubi ou granada) apresentando aromas de frutos vermelhos, como framboesas e morangos, complementados com notas florais e de madeira. É característico dos nossos vinhos uma frescura balsâmica.
São vinhos de corpo médio e aveludados.
Os rosés são vinhos de coloração rosada de média intensidade, límpida e brilhante. Aroma delicado e fino, lembrando frutas como amoras e cerejas com pequeno toque floral. Paladar leve, macio, refrescante e agradável e ligeiramente gaseificado.

Os nossos Vinhos

Conheça toda a gama de vinhos da Quinta de Santa Eugénia
A Quinta de Santa Eugénia é produtora, engarrafadora e embaladora de vinhos e azeites de elevada qualidade, utiliza as mais modernas tecnologias na produção, extração e transformação dos seus produtos. Fazem parte do nosso portfólio as marcas Chão da Portela, Rapa Lobos e Duas Santas, utilizadas nas gamas de vinhos D.O.C., Regional, Porto, Moscatel e Espumantes.

Prémios

Descubra aqui os nossos vinhos premiados.

A adega

Conheça o espaço onde nascem os nossos vinhos

A azenha

Descubra onde é produzido o nosso azeite

Os nossos contactos

Estamos disponíveis para o ajudar, contacte-nos!

Morada:
Largo da Fonte – Santa Eugénia

5070-411 Santa Eugénia – Alijó – Douro

Telefone:
+351 259 646 174

E-mail:
geral@quintadesantaeugenia.pt